• Resultados para:label/cozinha
Todo mundo já viu que esse blog agora tem domínio próprio? Próximo passo: dominar o mundo. Hehehe. Falando no mundo, não sei na sua casa, mas na minha todo mundo se junta na cozinha. Com certeza é o melhor lugar da casa né? Mas a minha não é grande, então o povo acaba se esparramando e indo para na copa que é dividida apenas por uma bancada (tipo aquelas americanas)
Depois de ajeitar a sala (só falta o sofá de pallet), a copa é o novo alvo. Até agora ela só ganhou cadeiras novas coitada e tá meio apagada, toda coberta de bege peça íntima. Tem uma parede lá, mais estreita, do lado da bancada, que tem um certo destaque, já que da sala dá pra vê-la. Foi ela a escolhida pra ser turbinada e ficar assim ó:
Mais uma vez apelei pra madeira. Gosto desse material porque, além de dar um clima mais acolhedor, fica diferente e fácil pra combinar. Usei pinus de novo por motivos óbvios ($$$) e pra combinar com o painel da sala. Como os dois cômodos meio que se integram, acho importante ter um elemento ou outro que combinem pra dar aquela liga. Pra fazer é moleza e você pode comprar as ripas e já pedir pro marceneiro camarada pra cortar no tamanho certo. 
Material:
  • Ripas de Pinus com 10 cm de largura;
  • Verniz pra madeira;
  • Lixa;
  •  Cola de contato;
Passo a passo:
  1. Tire as medidas da sua parede para saber a quantidade de madeira;
  2. Lixe as ripas e passe verniz com a ajuda de um pincel. Espere secar;
  3. Aplique cola em uma parte da parede (o suficiente para 4 fileiras de madeira)
  4. Aplique a cola na madeira;
  5. Espere até a cola começar a secar. É só testar com o dedo, o ponto é quando encostar e colar como se  estivesse  encostando num durex. Cola bem pouquinho;
  6. Cole as ripas de madeira na parte com cola que já está na parede;
  7. Repita os passos acima até completar toda a parede.
>> Se não tiver cola de contato, use algum prego líquido ou bata prego mesmo (eu nunca acertei um prego na vida, rs);
>> Se usar esse tipo de cola, é importante dar o tempo pra que a cola na madeira e na parede fiquem no ponto para se grudarem ao entrarem em contato uma com a outra (daí o nome, há!);
>> Se não quiser cortar a madeira em vários tamanhos, usem ripas inteiras no tamanho da largura da parede. Dá menos trabalho, mas fica legal também!
>> Super Dica: ao comprar a madeira, peça para emparelhar as ripas. Assim você não precisará lixar e já pode pular pra parte do verniz.
Ok, eu sei que faltou foto lixando e passando o verniz, mas também sei que todo mundo aqui é esperto e já sabe que eu mostrei isso em outros posts né? 
Quanto à limpeza, passou um espanador e já tá tinindo. Facim do jeito que a gente gosta. Pra quem não gosta de madeira clara, use betume ao invés do verniz que vai dar um efeito bem bacana também.
Essa é a primeira reforma da copa. Assim que tiver mais novidades conto por aqui!
Boa semana a todos! 😉