O acesso à tecnologia fez de qualquer pessoa um fotógrafo anônimo. O instagram tá aí pra provar isso e, graças à Deus, ainda deixa tudo e todo mundo mais apresentável com aquele tanto de filtro.  Mas até que ponto hein? Longe de mim questionar a utilidade, mas sou a favor do realismo e do realizável, de flagras e momentos. Às vezes sinto que tá todo mundo engessado e a fotografia parou de registrar um momento único para capturar uma produção pré pensada ou maquiada pra fazer bonito na net.

O pôster dessa semana é um manifesto pela autenticidade, pelo projeto que ficou mais ou menos, mas que tá cheio de história, pela extinção de bico de pato das meninas ou da pose de mano dos cuecas. Vamo registrar a vida real meu povo!
Pra baixar, é só clicar AQUI.
Quando abrir a outra tela, aperte CTRL+S e salve na sua máquina.
O poster está no tamanho A3 e você pode imprimí-lo em qualquer gráfica.
 
Agora tô lembrando das câmeras analógicas e a surpresa que era na hora da revelação. Cês lembram? Hahahaha. E quando o filme queimava? Já perdi fotos de uma viagem inteira. Ainda bem que vivi pra chegar na era digital (momento velhice ON)
Gostou do pôster e quer receber impresso? É só pedir lá na seção de contato aqui do blog.
No mais, mandem fotos do pôster na parede que eu fico todo felizão! 😉