Uma dica pra mudar radicalmente qualquer canto sem investir muito é pintar as paredes. Com a cor certa você consegue dar impressão que o ambiente é maior, torná-lo mais aconchegante ou mais moderno, enfim, dando uma googlada na teoria das cores e misturando feng shui você vai descobrir o milagre que uma tinta pode operar aí na sua casa. O Chevron veio da estampa de uma marca francesa e significa espinha de peixe (por motivos óbvios). O zig zag saiu das passarelas e agora tá aí embelezando muitos cantos. Obrigado GNT Fashion.
Fazer esse projeto foi bem diferente porque, além de experimentar uma nova técnica, também usei novos materiais. O resultado, modéstia a parte, ficou bem foda. Saca só:
Tive que juntar o passo a passo de alguns sites pra chegar num projeto realizável e com a menor possibilidade de erro possível. Sim, menor. Porque nem tudo deu certo no início e como a proposta aqui é mostrar tudo, inclusive as cagadas os erros, vou mostrar o processo todo. Mas como você é esperto(a), já usa meu erro de exemplo e faz tudo direitinho pro resultado bombar no final né?

O primeiro passo é pintar a parede com a cor de fundo, a mais clara no caso. Para que a tinta não escorra pra outras paredes, é importante que você passe uma fita em todas as extremidades, criando uma espécie de moldura. Eu usei a fita crepe azul da 3M, a mesma que a gente vê nos tutoriais gringos. Ela é mais fina e tem menos adesivo, o que gera menos desespero na hora de tirar e ver o resultado. Assim que aplicá-la, passe o dedo por cima pra garantir uma boa aderência. Comece pintando as extremidades da parede com um rolinho ou pincel pequeno, depois use um rolo maior para pintar o resto.

Enquanto a tinta seca, reproduza sua parede numa folha. Você pode usar uma escala de 10% do tamanho. Divida essa folha em colunas e linhas que resultem em um número par. No fim você terá uma tabela com vários quadrados. A altura e a largura vão depender do desenho que você quer que as listras tenham. Assim que o desenho estiver pronto, trace as linhas que vão formar o zig zag.
Agora reproduza esse desenho na parede. Você pode usar uma fita métrica ou régua de nível. Ainda tem a possibilidade de fazer um quadrado em papelão e usá-lo como modelo. Neste caso é só ir desenhando um do lado do outro até preencher toda a parede. Dica importante: se for usar lápis pra marcar, a tinta deve ser lavável, já que dá um pouco de trabalho pra tirar. Quer ter menos dor de cabeça? Risque de leve com giz (só descobri isso depois). Fuennnnnn. ;(
Assim que tiver sua tabela na parede, desenhe as listras com auxílio das fitas. Fique de olho nas pontas das fitas pra ajudar no acabamento. Onde for ficar a cor de fundo, marque pra que não haja confusão na hora de pintar. Mais uma dica: Pra evitar que a tinta escura escora pra baixo da fita, pinte as extremidades com a cor do fundo.
Agora é só pintar as listras mais escuras. Use um rolo pequeno e com pouca tinta pra evitar sujeira. Duas demãos são suficientes, lembrando que é preciso respeitar o tempo entre elas (geralmente 4 horas). Retire as fitas com cuidado. Caso fique alguma imperfeição, corrija com um pincel pequeno. 
Quanto às linhas que ficaram na parede: 
– Se você usou lápis, vai ser preciso cobrí-las com uma camada da tinta do fundo (foi o que eu fiz);
– Se usou giz, basta passar levemente um pano úmido que sai tudo.
Dá trabalho? Dá, mas muito menos do que eu imaginava e o resultado é muito legal, sem contar que transforma qualquer ambiente. O segredo é planejar tudo e focar na diversão, sempre!

>> Os tons de cinza eu fiz misturando tinta branca,  tinta cinza que sobrou da sala e corante preto;
>> Comprei a fita azul no Leroy, mas dá pra achar na internet também;
>> Não esqueça de deixar reservado um pouco de tinta pra fazer o acabamento depois;
>> Gastei umas 8 horas pra fazer tudo e mais umas 2 pra tirar a tinta desse corpo sedutivo, rs.

Essa parede fica de frente para a parede de madeira e a bancada de adesivos pra azulejo. No começo fiquei com medo de ficar poluído demais, mas o resultado ficou muito legal. Ainda vou fazer uma mesa quadrada pra colocar no lugar dessa redonda e colocar um aparador perto da janela, mas tudo isso é assunto pra outros posts.

Não sei porque, mas depois desse projeto não tiro da cabeça aquele desenho que uma gata preta tomava umas pinceladas de tinta branca e aí um gambá Don Juan não desgrudava do pé dela. 😉