Gosto demais de concreto, muito mesmo. Acho que deixa qualquer ambiente mais moderno e com uma pegada industrial que me agrada demais. Mas por motivos  de não sei fazer/ moro de aluguel / fica caro,  não terei uma parede ou piso de cimento por enquanto. Mas quem disse que só pode ter concreto nesses cantos também né? Pois eu tratei logo de achar um projeto que desse um jeito nessa necessidade.
Outra coisa que eu gosto demais é de lâmpada, principalmente as incandescentes. Já falei da minha tara por iluminação aqui, mas gosto da representação da lâmpada, essa coisa de remeter às idéias e tudo mais. Ok, desligando modo publicitário. Enfim, juntei lâmpada e concreto e deu nisso:

 

Esse cabideiro foi uma mão na roda. Primeiro porque ajuda demais quem é desorganizado a dar um jeito na zona: é só pendurar o que quiser nele e tá tudo certo. Segundo porque é muito barato pra fazer e pode ser instalado em qualquer lugar. No meu caso, fiz pra cozinha e pro banheiro.
Pra fazer você precisa de lâmpadas usadas, areia, cimento e parafuso. Só isso mesmo. Bom, a primeira coisa a se fazer é retirar o bulbo da lâmpada. Cada pessoa faz isso de um jeito e na net tá cheio de passo a passo também. No meu caso, eu esfreguei a lampada numa lixa bem grossa, até sair aquele pininho que fica em cima. Depois bati com um régua de metal. As peças todas se soltam e ficam dentro da lâmpada. Se não sair tudo é só usar um alicate ou tesoura pra quebrar o resto. Vire a lâmpada pra sair tudo que tá la dentro. Faça isso num cesto de lixo, claro. Lave a lampada pra garantir que não sobrou nada.
Pra “rechear”a lampada, faça um mistura de cimento com a mesma quantidade de areia. Coloque água aos poucos até conseguir uma consistência de bolinho de areia mole. Nossa, péssima essa referência Edu! Hahaha. Ó, não pode ficar molenga demais nem dura demais. Tem que ficar no ponto de você colocar num saquinho, furar o bico e colocar dentro da lâmpada como se fosse um glacê. Putz, agora misturou tudo. Rs. Mas faz aí que dá certo.
Agora pegue um parafuso e afunde no cimento, deixando a maior parte dele pra fora. Coloque a lâmpada em pé pra secar. Dá pra usar a caixinha dela ou escore com alguma coisa. Só não pode ficar torta, se não o parafuso não entra certo na parede depois. Deixe secar ao sol por 2 dias. 
Usando luvas bem grossas, quebre o vidro das lâmpadas com um martelo tomando cuidado com os cacos. Pra garantir que não sobrou nenhum, passe uma escova mais grosssa. Pra dar o acabamento e conservar, usei verniz pra artesanato com acabamento brilhante. 

 

Agora é só prender onde achar melhor. Eu coloquei na cozinha pra segurar meu avental e mais 3 no banheiro (que tem um conjunto de suporte brega) pra colocar as toalhas. Como tem um design bacana, dá pra colocar em qualquer canto.

 

>> Tá faltando uma cor (alô mulherada)? Mande tinta antes de passar o verniz;
>> Fica legal sem quebrar o vidro, eu sei. Mas como é muito fino pode quebrar fácil e alguém se machucar e ninguém quer isso não é mesmo? A não ser que seja presente pra um inimigo (tô vendo muito Revenge)
>> Fixe bem na parede pra garantir, já que fica pesado. Use buchas.
Diz aí se esse cabideiro não foi uma idéia concreta? lâmpada > idéia, concreta > cimento. Hahaha. Tá bom, parei! Vi esse projeto no Instructables, que é um site gringo cheio de DIY pra tudo que você possa imaginar. Vale a pena dar uma olhada depois. Só adaptei alguns detalhes pra chegar nesse resultado.
Agora é aquele momento que vocês comentam aqui embaixo e ainda compartilham esse post no facebook pro tio Edu ficar todo orgulhoso. Vamo lá? 1, 2, 3 e já! 😉