A gente vai em mostra, vê o pinterest, folheia revista e acha lindo aqueles ambientes coloridos, cheios de personalidade né? Ai olhamos pras nossas casas e a cabeça trava na hora tentar colocar um quadro mais colorido na parede.

Esse não é só um problema seu não querido leitor. Não é à toa que a maioria da população ainda tem casas brancas tradicionais. Mas eu e a Loja Movi estamos aqui pra te salvar.

Mesa Enjoy e Cadeiras e Cadeiras Rob

A teoria das cores é algo bem interessante e dá muito pano pra manga, mas em tempos de internet prefiro te dar 2 dicas infalíveis pra usar cores na decoração. É o que você precisa pra começar a sair da mesmice.

1- Identidade

Eu poderia escrever um textão gigante falando sobre o significado de cada cor, como ela te influencia e tal. Mas não vai adiantar porque se você gostar de cinza (tipo eu) vai querer usar em todo lugar independente de regrinhas. Então o primeiro passo é definir o que você gosta. Curte cor forte? Tom pastel? Escuro ou Claro? Quente ou Frio? Pense nisso e busque cores de acordo com o que elas representam pra você e não pros outros.

Cadeiras Rob e Mesa Enjoy

Mas não vira bagunça Edu? Vira uai. Por isso é que a gente parte agora pra parte técnica. Não pense que ter identidade significa não ter harmonia.

2 – Círculo Cromático

Esse vai ser seu maior salvador na hora de decidir colorir qualquer canto da casa. Numa pesquisa rápida no meu Grupo no Facebook, muito gente respondeu que tem dificuldade pra combinar as cores. Então a gente vai voltar lá nas suas aulas de artes (sim, já te ensinaram isso na escola) pra descobrir como juntar cores pra deixar seu canto mais bonito. Com vocês, o Círculo Cromático:

O círculo cromático é formado pela 3 cores primárias (azul, amarelo e vermelho) e de desdobramentos dessas cores. E se engana quem pensa que é só em pré escola que dá pra usar esses tons mais fortes.

Mesa Delicious
Rack Operah
Rack Show
Rack Ziza

Olha só como os racks da Loja Movi criam um ponto de atenção nessas bases neutras. Imagina como ficaria sem graça cada ambiente desse sem as cores que foram propostas?

Continuando falando no Círculo Cromático, temos as cores secundárias e terciárias. 

Usá-las também é bem simples se você tem uma base mais neutra em casa. Aliás, essa é a melhor dica pra quem tem medo de ousar. Comece com uma base neutra (tons de madeira, branco, cinza, etc,) e deixe a cereja do blog pra algum móvel colorido.

Mesa Home Pop
Cadeira Top Top
Cadeiras Voltare
Mesa Lateral Rotation
Mesa Lateral Viva

Esse móveis são todos da Loja Movi que tem uma proposta muito bacana quando se diz respeito a cores. Eles juntaram várias tonalidades em móveis super modernos e cleans que vão facilitar bastante na hora  decorar o seu canto.

Já tá se sentindo mais seguro e quer ousar um pouco mais? Então vamos falar agora de Harmonia entre as cores no círculo cromático. Não quer errar a mão, então anota aí as Leis da Harmonização.

Leis da Harmonização.

Monocromia: Vários tons da mesma cor. O famoso tom sobre tom.

Análogas: Cores que estão lado a lado no círculo cromático. Junte 3 e seja feliz.

Complementares: São cores extremistas, cada um no seu canto no círculo, mas juntas criam uma composição bem legal. Trace uma linha reta e descubra o par perfeito do seu tom querido.

Essas são as principais leis. Mas também rolam outras como mostra a imagem abaixo:

E claro que você não precisa usar exatamente as cores que estão nesses círculos acima, a não ser que você vá pintar um arco íris de energia na sua casa. Cada cor tem seus níveis de saturação e brilho e as combinações são infinitas.

Agora, se você ainda tá com o pé atrás e quer começar por objetos pequenos pra depois arriscar em móveis, na loja Movi também tem móveis com cores super neutras. Olha só:

Buffet Vision
Estante Uper
Mesa Criado Ventus

Espero ter ajudado a desembaralhar um pouco suas ideias sobre cor. Não tem muito segredo. É só seguir essas dicas e tenho certeza que vai rolar de por um pouquinho de cor aí na sua casa também.